quarta-feira, setembro 12, 2007

(1601) INADMISSÍVEL

Declaração prévia: a selecção nacional de futebol deve muito a Luís Filipe Scolari, que fez um excelente trabalho, certamente com erros, mas que ninguém tinha feito antes com tanta consistencia. Agora o resto: acabo de ver Luís Filipe Scolari agredir um jogador sérvio no fim do jogo Portugal-Sérvia. Uma vergonha. Obviamente, espero que amanhã já não seja o seleccionador nacional. Quanto ao jogo, recomendo aos árbitros que assinalem os fora de jogo. Se assim fosse, Portugal teria ganho. Recomendo às vedetas que ponham os olhos nas selecções de basquetebol e de raguebi para verem o exemplo de querer e de entrega na representação nacional. E sem os ordenados que as vedetas do futebol ganham.
Corrigenda: no golo da Sérvia a bola bate em Paulo Ferreira, logo o golo é válido.

2 comentários:

António de Almeida disse...

-Ouvi comentar na SIC Notícias pelo sr Jorge Baptista que não é fora de jogo porque a bola vem do Paulo Ferreira. Será? Agora a atitude de Scolari deveria ser motivo para caso amanhã não coloque o lugar à disposição, no dia seguinte ser despedido por parte da F.P.F.

rui disse...

é a bola e a maddie... novelas dos media...