terça-feira, fevereiro 19, 2008

(2270) O NADO-MORTO

O tabuzinho com que José Sócrates tentou decorar, qual arquitecto paisagista, a sua propagandística e desinteressante entrevista de ontem é um nado-morto. O Primeiro-Ministro, à falta de melhor quer fazer-nos de tontos. Como toda a gente já percebeu ele está fartinho do Governo e desejoso de se pôr a milhas. Francamente. A comunicação social, dócil às mais básicas manobras de diversão lá vai repetindo o tabuzinho. Às vezes, ler jornais não é saber mais.

1 comentário:

Orlando Nascimento disse...

O que me deixa mais escandalizado, depois de uma "entrevista" completamente vazia de conteúdo, é os jornalistas agarrarem-se ao pseudo-tabu de Sócrates para fingirem que têm alguma notícia a dar.
Disgusting!!