terça-feira, janeiro 22, 2008

(2091) SEM EMENDA

É uma pena ter de falar de política assim. Com base nas mentiras. Sócrates foi outra vez apanhado. Desta vez pelo Presidente do LNEC, que afirmou hoje que informou o Primeiro-Ministro das conclusões do estudo do LNEC sobre o aeroporto a 19 de Dezembro, sendo que Sócrates afirmou que só tinha recebido o estudo a 9 de Janeiro. Claro, dirá Sócrates, que os papéis todos só lhe chegaram a 9. Mas esta explicação será um sofisma. Depois das trapalhadas do diploma de engenharia, depois de ter sido descoberto pelo Primeiro-Ministro esloveno, que disse saber há muito que Sócrates não ia fazer referendo nenhum sobre o Tratado, é agora o Presidente do LNEC a pôr em causa as afirmações do Primeiro-Ministro. Com Sócrates, vão-se acumulando as trapalhadas. Mas, mesmo assim, há quem lhe ganhe aos pontos: o inefável Mário Lino, conforme perceberão da leitura das declarações do Presidente do LNEC. A escola é a mesma, mas há quem tire 19 valores e há quem tire 20.

2 comentários:

António de Almeida disse...

-Já estamos cada vez mais habituados ás brincadeiras do menino Pinócrates.

Godzilla disse...

Como tudo no Mundo e conforme publiquei no meu blog, existiram muitos mestres em ciências com optimas mentes. Assim temos que:
Da Vinci - Mente Brilhante
Isaac Newton - Mente Extraordinária
Em Portugal também temos, mas sobretudo temos :
José Pinto de Sousa - Mente Iroso.